Follow by Email

sábado, 20 de agosto de 2011

Ministro Guido Mantega participará do XIX Congresso Brasileiro de Economia em Bonito




Bonito será a capital nacional da economia em setembro, reunindo especialistas de todos os Estados brasileiros durante o XIX Congresso Brasileiro de Economia (CBE), realizado pelo Conselho Regional de Economia de Mato Grosso do Sul (Corecon MS) e o Conselho Federal de Economia (Cofecon). O evento será no Centro de Convenções de Bonito e, além de discutir o atual cenário econômico, também será ocasião para comemorar os 60 anos da profissão no País.

Na abertura, dia 7 de setembro, às 19 h, o ministro da Fazenda Guido Mantega, que é economista por formação, será homenageado como Personalidade do Ano. Já está confirmada também a presença do ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação, Aloízio Mercadante, que vai proferir palestra sobre "Desenvolvimento: Inovação, tecnologia e sustentabilidade". O Congresso terá participação de autoridades, empresários, pesquisadores, profissionais de destaque e especialistas nacionais e internacionais com conhecimentos e estratégias que envolvem inovação, implantação de tecnologias e desenvolvimento sustentável.

Um dos mais requisitados palestrantes do Brasil nas áreas de Inovação e Mídias Sociais pelo mercado empresarial, o consultor Flávio Rosário vai abordar o tema: "As mídias sociais como ferramenta para o desenvolvimento sustentável". O presidente do Corecon MS, Volnei Meneguzzo, explica que a organização do evento se respaldou em temas atuais e convidou personalidades conceituadas para abordar os assuntos. A ideia é garantir diferencial ao evento e levar informações novas aos profissionais, um insumo importante para quem atua em um mercado tão dinâmico.

Para a vice-governadora Simone Tebet, que também economista por formação, a realização do Congresso Brasileiro no Estado reflete o prestígio do Corecon MS e é uma ocasião importante para divulgar o trabalho desenvolvido pelos profissionais locais. "Um evento dessa grandeza vai impactar positivamente nas carreiras profissionais dos participantes e é um momento ímpar da economia para nos atualizar sobre as novas perspectivas que se abrem no cenário econômico brasileiro e também mundial".

As inscrições para o Congresso devem ser feitas até o dia 31 de agosto. São limitadas e custam R$ 300,00 para os profissionais registrados nos Corecon de seus Estados, R$ 400 para outros profissionais. Estudantes que são filiados aos Corecon estaduais pagam R$ 50,00 e o investimento é de R$ 100,00 para estudantes de outras áreas. Informações e a grade completa sobre os palestrantes e temas no site oficial do evento,
www.coreconms.org.br/cbe

Fonte: Bonito Informa

Nenhum comentário:

Postar um comentário